OFERTA de descoberta 10 € creditados, 100 € oferecidosCrie uma conta

Instalação do PostGreSQL com 1 clique na Nuvem pública

O PostGreSQL é um sistema relacional de gestão de base de dados de confiança e eficiente, que nada fica a dever aos SGBSD comerciais. Graças às inúmeras funcionalidades, bem como à capacidade de lidar com grandes volumes de recursos em situações complexas, o PostGreSQL é particularmente valorizado pelos utilizadores. Antes de abordar as várias características, voltemos à definição de «base de dados relacional».

Vídeo de instalação de um só clique



PostGreSQL: descubra este sistema relacional de gestão de base de dados

O que é uma base de dados relacional?

Uma base de dados relacional possui a característica específicade exibir informações em tabelas bidimensionais. Estas recebem o nome de «tabelas» ou «relações». A vantagem destas bases de dados reside nafacilidade com que são modificadas. Na realidade, é possível adicionar novas informações, sem interferir com as aplicações já existentes.

Os dados armazenados nas tabelas (ou relações) correspondem a categorias e cada tabela pode conter várias categorias. Num contexto comercial, uma tabela numa base de dados relacional pode consistir numa coluna relacionada com o cliente, o seu endereço, etc. Outra pode exibir o nome do produto, a data de compra, o preço de venda, eventuais descontos ...

Graças ao PostGreSQL, é possível gerir este tipo de base de dados.

Características do PostGreSQL

O PostGreSQL possui interfaces gráficas, tornando-o capaz de gerir tabelas. Por isso, é essencial ter o X Windows para o poder utilizar. Por outro lado, este sistema de gestão inclui muitas bibliotecasrelacionadas com diferentes idiomas em JavaScript, C/C++ e Perl, bem como Tcl/Tk. Por último, graças a uma interface de programação de aplicações naconectividade de bases de dados abertas (ou ODBC), o PostGreSQL permite qualquer tipo de aplicação adaptada para aceder a uma base de dados relacional.

Arquitetura do PostGreSQL

O PostGreSQL opera com base numa arquitetura cliente/servidor: o equipamento de rede comunica com um servidor que, por seu turno, é capaz de fornecer serviços. A parte do servidor do PostGreSQL (o programa postmaster), responsável por acolher a base de dados, processa as solicitações do cliente. Instalado no equipamento de rede, ele é capaz de aceder à base de dados através do servidor.

MySQL ou PostGreSQL, qual a melhor escolha?

É habitual comparar o PostGreSQL e o MySQL, pois estes dois sistemas de gestão estão relacionados com as mesmas bases de dados. Qual a melhor escolha? Para obter uma resposta, é necessário estabelecer uma comparação à luz de vários critérios:

  • Utilização: na produção, o MySQL é relativamente fácil de usar. De facto, só é necessário modificar 36 parâmetros. Relativamente à configuração do PostGreSQL, este é particularmente difícil na produção. No entanto, se for utilizado para teste, não deverão surgir problemas específicos de utilização.
  • Comunidade: embora a comunidade MySQL seja muito maior do que a comunidade PostGreSQL, esta última é mais ativa. Além disso, a documentação do PostGreSQL é mais completa. Consequentemente, os utilizadores do PostGreSQL poderão obter ajuda com muito mais facilidade, caso seja necessário.
  • Funcionalidades: O PostGreSQL possui mais funcionalidades. Por outro lado, este sistema é mais lento do que o MySQL, em termos de processamento de consultas.
Crie gratuitamente uma conta: 100 € GRÁTIS**

** Oferta de 100 € de faturação. Dedução diretamente nas faturas. Assim que alcançar 100 € de consumo, a cobrança será à taxa atual.
Oferta limitada a uma conta por pessoa singular ou coletiva e a duas instâncias (máquinas virtuais) por conta. Contacte o serviço comercial da IKOULA, se desejar adicionar mais instâncias.