O RGPD, a IKOULA e o cliente

Estimados clientes,

Há pouco mais de um ano que o RGPD entrou em vigor.
Aproveitamos a oportunidade oferecida pelo primeiro aniversário para melhorar esta secção. A nossa intenção não é apresentar o que a IKOULA implementou como parte do RGPD, mas responder às suas perguntas sobre a aplicação deste regulamento, bem como sobre as alterações feitas à lei sobre a proteção de dados, em termos do seu relacionamento com a IKOULA, na qualidade de fornecedora de alojamento.
Gostaríamos de esclarecer que esta página não é sobre o tratamento dos seus dados pessoais, diretamente relacionados consigo (recolhidos principalmente de formulários presentes no nosso site), relativamente aos quais poderá consultar a seguinte página: https://www.ikoula.com/en/confidentiality. .
Esta página trata dos dados que processamos "em seu nome", na qualidade de fornecedora de alojamento (que aloja, por conseguinte, dados pessoais, se houver, e processa endereços IP...), ao fornecer serviços de alojamento, bem como de backup, se necessário e caso tenha assinado essa opção.


1. De que modo o RGPD e a lei alterada sobre a proteção de dados se aplicam à IKOULA, na qualidade de fornecedora de alojamento, e quais são as repercussões desse conjunto de regras no seu relacionamento com a IKOULA?

A IKOULA, na qualidade de fornecedora de alojamento, é considerada como «subcontratante», nos termos do RGPD. Como consequência disso, existe um determinado número de obrigações, especialmente para regular, no âmbito do relacionamento com cada um dos seus clientes, as condições, à luz das quais a empresa atua no seu papel de subcontratante.


2. Quais são as cláusulas contratuais aplicáveis à IKOULA e a si, relativamente ao RGPD?

Para que o nosso relacionamento cumpra os requisitos legais e regulamentares, especificamos, de acordo com as recomendações da comissão nacional francesa, CNIL, as condições, à luz das quais alojamos os seus dados. Poderá consultar o documentoaqui.
Para mais clareza, separamos as cláusulas relacionadas com o RGPD e as aplicáveis à nossa relação contratual.
Os dois documentos aplicáveis (exceto no caso de assinatura de um contrato especial) são os seguintes:


3. Alojo dados pessoais nos serviços da IKOULA e desejo declarar tal facto à IKOULA

A IKOULA não pode substituí-lo na sua responsabilidade como gestor de processos. Porém, podemos aconselhá-lo, especialmente sobre as medidas de segurança a serem implementadas nos seus processos. Mas, para isso, necessitamos de conhecer os processos com mais clareza, para o aconselhar com eficiência e sugerir medidas de segurança que sejam mais adequadas à sua situação específica. Considera ser este o seu caso? Por favor, preencha o formulário disponível na página: Faça o download do formulário de declaração pessoal da IKOULA.
Com base nestas informações, a nossa equipa entrará em contacto novamente consigo com todas as atualizações.


4. Em termos concretos, o que faz a IKOULA por mim, no âmbito do RGPD?

Em suma, a IKOULA compromete-se a:

  • implementar um nível elevado de segurança nos serviços: no entanto, depende de si, como responsável pelos dados, garantir a tomada de medidas de segurança adaptadas às categorias de tratamento implementadas: se os seus dados são muito sensíveis (porque, em particular, eles representam um risco para a liberdade ou a privacidade das pessoas envolvidas), cabe-lhe a si escolher os sistemas de segurança adequados: preencha o formulário fornecido no link presente na secção 3 e entre em contacto connosco, para mais esclarecimentos
  • processar dados apenas para efeitos de alojamento e backup, caso o cliente tenha assinado este último serviço
  • garantir um nível elevado de confidencialidade dos serviços: os seus dados pertencem-lhe, não havendo motivo, para nós ou qualquer outra pessoa, para os ler sem a sua permissão. Caso seja detetada uma violação de segurança, o cliente será notificado, para que possa tomar as medidas necessárias
  • informar o cliente, no caso de contratação de um subcontratante: neste momento, a IKOULA não subcontrata nenhum serviço de alojamento, mas se tal acontecesse, o cliente seria, naturalmente, o primeiro a ser informado
  • alojar os seus dados na União Europeia, ou num país reconhecido pela Comissão Europeia como tendo um nível de proteção suficiente (a menos que o cliente tenha escolhido alojar os seus dados num país que não tenha um nível de proteção suficiente)

5. O que acontece se a IKOULA receber uma solicitação para exercer o direito de uma pessoa, devido à sua presença num processo, no qual sou o gestor?

Se a IKOULA receber uma solicitação para o exercício dos direitos que estão destinados ao cliente, na qualidade deste de responsável pelos dados, implementaremos o procedimento que poderá consultar, clicando no seguinte link procedimento para o exercício dos direitos


6. Gostaria de colocar mais perguntas?

Envie um mail para rgpd@ikoula.com ou dpo@ikoula.com.
Esse tipo de regulamento corrobora a nossa visão de alojamento. Agradecemos a confiança que deposita em nós!

CookiesPrivacy